É BOM SABER QUE ...

  • É fácil achar a pousada: CE 40, entrada Beberibe. Seguir até Morro Branco. Ao avistar o mar: dobrar à direita; 200 metros de paralelepípedo: chegou. Ônibus "São Benedito" da rodoviária de Fortaleza ou, vindo de Natal, de Aracati.
  • A pousada não faz traslados Aeroporto – Pousada – Aeroporto.
  • O estacionamento rotativo não é murado.
  • O acesso aos quartos e ao jardim é reservado aos hóspedes. Visitantes identificam-se ao balcão da recepção.
  • O jardim não é próprio para churrasco.
  • Tem Wi-Fi, porém não tem ar condicionado e não tem vida noturna na vila.
  • O uso indiscriminado de celulares em voz ou de Apps com som é falta de consideração.
  • Tem horários.
    • Reservas: de 7 a 22 horas.
    • Entrada (ocupação do quarto) a partir de 13 horas.
    • Saída (desocupação do quarto): 12 horas, seja qual for o horário de entrada.
    • Tolerância (até no máximo 14 h) pede-se. O self-service é caro (1 pernoite a mais). Não se dá tolerância para os quartos mais procurados: o 4, o 5 e o 5a no térreo assim como os duplex 6 e 14 no primeiro andar; para os outros dá-se ou não se dá em função do movimento.
    • Café da manhã: de 7 a 9 ½ horas.
    • Limpeza: Quem ficar e não deixar a chave do quarto na recepção indica desta maneira que dispensa o serviço de limpeza.
    • Piscina: de 8 ½ horas até a extinção dos refletores:
    • Jardim: de 7 a 22 horas.
    • Silêncio noturno: de 22 a 7 horas.
  • Não recebemos pessoas sem reserva após 22:00 horas.
  • A pousada não tem (mais) restaurante e não vende bebidas quentes, gelo ou tabaco.
  • É uma toalha de banho por dia; não são toalhas para a praia.
  • Não há (mais) toalhas de rosto.
  • Os corredores não fazem parte dos apartamentos.
  • Aparelhos de som e animais de estimação, até de pequeno porte, não são admitidos.
  • Os pais explicam aos filhos que a liberdade deles termina onde a liberdade de outras pessoas começa.
  • Críticas feitas durante a estada ou ao sair são bem-vindas. Falar mal depois não é legal, já que é sempre difícil ou simplesmente impossível de fazer valer o direito de resposta.